Património Templário Nacional

Capela de São Mateus - Soure

Anterior
Next

A Capela de São Mateus foi edificada em estilo românico no topo de uma colina, num local propício ao recolhimento e à contemplação religiosa e do qual se avista a Oriente o Maciço do Sicó e a Ocidente o casario da Vila de Soure. É-lhe vizinha à aldeia de Paleão, que fica no fundo do vale do rio Anços, cujos campos sempre foram fertilíssimos. 

Da construção românica original apenas resta uma lápide cravada na parede da frontaria, que menciona o nome do fundador da Capela, o eremita Rício (Rijo, na tradição do povo), o qual desbravou o terreno e construiu o templo, tendo falecido a 30 de Dezembro de 1189. Todo o edifício foi amplamente reformado na passagem do século XV para o XVI, no tempo de D. Manuel I. O cunho manuelino é particularmente visível no portal principal, com as suas finas molduras, o colunelo de aresta e os capitéis de folhagens, no óculo, fundo e de zonas concêntricas, de decoração naturalista, e na esfera armilar e brasão da Ordem de Cristo, que encima todo o conjunto. Infelizmente, a construção de um alpendre, ainda no século XVI, danificou parcialmente o óculo, que foi substituído há alguns anos atrás por uma réplica moderna.

A presença do brasão dos freires-cavaleiros da Ordem de Cristo explica-se pelo facto de São Mateus ter sido comenda dessa Ordem religiosa-militar.

Pin It on Pinterest